Na sua opinião, quais são as principais diferenças entre os homens e as mulheres?

Deus nos fez como seres especiais: somos criativos, inteligentes, admiráveis… Mas, cada um tem características próprias. As mulheres, por exemplo, são capazes de embelezar tudo o que fazem e tocam. Essa sensibilidade faz parte das mulheres. Além disso, elas são mais emotivas, mais transparentes… O homem, por sua vez, muitas vezes não é. Ele raramente chora ou faz algo que o faça parecer “fraco”.

Pode-se notar que homens e mulheres são bem diferentes um do outro na forma de agir, de pensar, de perceber as coisas e situações… A mulher é capaz de fazer muitas coisas ao mesmo tempo. O homem não. E graças a Deus por essa diferença, pois assim um completa o outro.

João 20:10-18

Das 9 vezes em que Maria Madalena é citada na Bíblia, 8 vezes ela está colocada em primeiro plano. Isso representa a compaixão que Jesus teve por ela e como ela foi grata por tudo o que Ele fez: ela era possuída por demônios e Jesus a libertou. Ela era uma pessoa perdida, sem rumo, que não tinha condições de conviver com os outros por sua condição, o que a deixava sempre às margens da sociedade.

A Bíblia diz que ela morava em uma aldeia de pescadores chamada Magdala, próxima ao mar da Galileia. Esse era um caminho comum para Jesus. E, em uma de suas viagens, Ele se deparou com ela, tocou-a com sua compaixão e a fez completamente livre dos demônios que a atormentavam.

Ela então passou a seguir Jesus, até o dia em que Ele foi traído e levado para ser crucificado. Mesmo após isso, ela não O abandonou e participou de todo o processo de crucificação de Jesus, acompanhando-O de longe, até Ele ser levado ao túmulo. E ela chorou muito por ver toda a sua esperança encerrada. Ela não entendeu que através de todo aquele sacrifício é que viria a redenção da humanidade e da sua própria vida.

A Bíblia relata, no início do capítulo 20, que ela foi ao sepulcro ainda de madrugada e viu que a pedra da entrada havia sido removida. Sem entender nada, ela chamou os discípulos Pedro e João para verem o que havia acontecido, porém, ao verem que não havia ninguém no túmulo, eles foram embora. Ela, porém, ficou, e, após conversar com os anjos a respeito da dor de ter perdido Jesus, ela O encontrou, após ser chamada pelo nome.

Qual é o papel da mulher? Por que Deus a criou?

Homens e mulheres são diferentes e tem funções diferentes também. Quando Deus nos fez, Ele fez primeiro o homem e então tirou dele a mulher. Essa era a hierarquia de Deus. Mas Deus nos colocou como iguais, lado a lado. A mulher veio como alguém para dialogar, trocar ideias, ajudar no que fosse preciso. Porém, com o pecado, o diabo a enganou e ainda a engana, fazendo com que ela se desgaste, perca tempo, se afaste do propósito de Deus e ache que não precisa de cuidados ou algo do tipo. Isso afastou a mulher do seu propósito, levando-a a descumprir o seu papel de idoneidade, para o qual foi criada.

Mas Deus ama a todos e já tinha um propósito estabelecido: Ele ocupou o ventre de uma mulher e, sem precisar de um homem, formou Jesus. Isso levou a mulher a retomar a sua posição: não para ser mais, mas ser ajudadora, auxiliadora e também cuidada como o vaso mais frágil.

Acontece que o inimigo tem persistido em sua estratégia e criado ferramentas para deturpar o propósito da mulher e levá-la a acreditar que ela deve ser mais que o homem, ser provedora de suas próprias necessidades e isso tem destruído os lares e quebrado as famílias. A mulher tem cada vez mais se sentido cobrada, vivendo, muitas vezes, duas cargas de trabalho: uma fora de casa e uma dentro. Isso tem nutrido entre as mulheres uma ampla gama de doenças emocionais que antes não existia, como a depressão, o pânico, etc., sem considerar o grande número de separações que vem ocorrendo e, inclusive, o aumento de casos de violência que as mulheres têm sofrido em seus próprios lares.

Temos vivido uma época de mulheres que choram. Choram dentro de suas casas, choram por estarem sendo abandonadas por seus maridos, choram por verem os filhos tomarem rumos que não são bons, choram por estarem endividadas e não saberem como sair de suas dívidas… A mulher tem sido forçada a ser mais forte do que deveria ser. E o medo tem impedido os homens e mulheres de viverem os propósitos que Deus tem.

Que medos tem travado a sua vida? Existe alguma situação ou problema te impedindo de reconhecer Jesus e viver aquilo que Deus tem para você?

Assim como fez com Maria Madalena, Jesus chama a cada um de nós pelo nome, para nos dizer que Ele não está distante. Muitas vezes estamos tão envolvidos com os nossos problemas que não somos capazes de reconhecer que o Senhor está aqui conosco, e que Ele tem o controle sobre todas as coisas. E foi em meio ao medo de Maria que Jesus a enviou para falar aos outros que Ele está vivo.
Deus nunca nos abandona. E Ele pode usar os nossos maiores problemas para testemunhar a respeito de Sua fidelidade e alcançar a vida de outras pessoas.

Seus medos e problemas tem impedido você de reconhecer a presença de Jesus em alguma situação?

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: