Por que Deus permite que passemos por provações e tribulações? Já se perguntou isso em algum momento da sua vida?

Por que um Deus bom e amoroso permite que passemos por coisas como a morte de uma criança, doenças e ferimentos a nós e às pessoas que amamos, dificuldades financeiras, preocupação e medo? Podemos pensar que, certamente, se Ele nos amasse, tiraria todas essas coisas de nossa vida. Afinal, amar não significa que Ele quer que nossas vidas sejam fáceis e confortáveis?

Na verdade, não. A Bíblia ensina claramente que Deus ama aqueles que são Seus filhos, e que “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus” (Romanos 8:28). Então, isso deve significar que as provações que Ele permite em nossas vidas fazem parte de tudo que coopera para o nosso bem, certo? Portanto, para o cristão maduro, todas as provações devem ser vistas como um propósito divino.

Provações visam desenvolver em nós o caráter e a maturidade. Por vezes podemos enfrentar provações e ter a sensação de que elas nunca vão acabar, mas, a boa notícia é que: toda provação termina.

Como você reage nas provações? Qual é a sua reação imediata?

O fato é que todo cristão passa por provações. A questão é que alguns querem viver isolados, como que em uma bolha, para não enfrentar provações. Eles acham que, ao conhecer Jesus, aparece um “campo de força” ao redor e nada de mau pode acontecer. Já desejou viver assim? Seria mais fácil?

Nós, muitas vezes, não conseguimos lidar com as provações por não entender o que elas são. No momento da provação, começamos a ver só o pior, só o que vai dar errado, não é verdade?

A carta de Tiago foi escrita para cristãos que, assim como nós, já conheciam a Deus. E ele explica a respeito das provações para pessoas que deveriam ter fé e tudo o mais que precisavam para ter a vitória.

Tiago escreveu porque os cristãos da época, assim como nós, estavam passando por muitas provações difíceis, sendo tentados a pecar e desistir, abandonar a fé. Você já se sentiu assim em algum momento?

Muitos desses cristãos não conseguiam praticar aquilo em que criam. Muitos, inclusive, não conseguiam dominar a própria língua: era só aparecer um problema que já começavam a murmurar, mal dizer e brigar. E, se não bastasse isso, eles tinham dificuldade em ter uma vida de oração.

Você sabe a diferença entre provação e tentação? Acha que é a mesma coisa?

A primeira coisa que Tiago ensina é que provação e tentação são coisas diferentes. Apesar de serem traduzidas a partir da mesma palavra no texto em grego (peirasmos), significam coisas diferentes.

Provação não é o mesmo que tentação, mas existe uma relação entre elas. Já notou que, em toda provação, nós somos tentados? Por exemplo: quando passamos por uma provação em nossa saúde, somos tentados a pensar em por que Deus não nos cura; quando passamos por uma provação financeira, somos tentados a pensar em por que ser fiel a Deus e dizimista, se a vida está tão difícil… Já se pegou pensando assim?

Provação não é a mesma coisa que tentação, mas, em toda provação, seremos tentados.

O que é provação? (Tiago 1:2-4)

Provação significa adversidade, aflição, pressão, prova. É uma tentação EXTERNA da fidelidade e integridade do homem. As provações fazem parte da vida cristã. Quando entendermos o que Deus pensa sobre as provações, ficaremos felizes e não tristes.

O problema é que pensamos errado, logo, sentimos errado e reagimos errado. A provação gera em nós fé e perseverança, nos levando a alcançar novos níveis de maturidade. Deus permite que passemos por provações para que nós possamos amadurecer e crescer, para receber coisas novas da parte dEle e sermos usados por Ele.

O que é tentação? (Tiago 1:13-15)

Apesar de ser traduzido do mesmo termo grego, tentação significa algo diferente de provação. Tentação é uma sedução para cometer pecados. Ela é gerada INTERNAMENTE. Cada um é tentado por algo mal, que deixou estar no seu coração, pelos desejos que estão no coração. É algo que sabemos que é errado, que sabemos que não deveríamos fazer, mas, ainda assim, desejamos.

Como podemos passar vitoriosos por uma provação?

Tiago 1:2-8

As provações são aflições externas, testes enviados por Deus com o objetivo de nos santificar e fortalecer. As tentações são atrações do nosso coração pelo pecado, enviadas por Satanás para nos derrubar e enfraquecer.

Nas provações, não devemos ficar olhando para o passado e nem questionando o porquê de estarmos sendo provados. Devemos crer que existe um propósito de Deus em meio à elas, para que nós amadureçamos. Deus usa as provações para nos aproximar dEle, para nos ensinar a buscar e obter sabedoria, orar com fé. E elas nunca são acima do que podemos suportar.

Precisamos nos aproximar de Deus, e pedir sabedoria. Numa provação precisamos de perseverança, fé, oração e também SABEDORIA! Precisamos pedir sabedoria a Deus para vencer a provação.

AS PROVAÇÕES SÃO PERMITIDAS POR DEUS, SÃO PASSAGEIRAS, SÃO VARIADAS E SEMPRE VEM PARA FORTALECER A NOSSA FÉ E DESENVOLVER EM NÓS A PERSEVERANÇA E O CARÁTER.

Você tem tido dificuldades em suportar as provações? Tem tido dificuldades em vencer as tentações? Peça a Deus sabedoria, e creia que Ele vai providenciar o seu livramento, porque Deus deseja que você vença na provação.

1 Coríntios 10:13

Uma pessoa madura é paciente nas provações. Ela aprendeu que precisa passar por esses momentos, para sair deles MELHOR e MAIS PREPARADA. Uma pessoa imatura transforma provações em tentações e transforma aquilo que a faria em crescer em algo que a fará sofrer. Se ousamos lidar com a tentação com nossas forças humanas, sozinhos, sem a Palavra de Deus e sem ajuda, fracassaremos.

DEUS É QUEM NOS LIVRA NAS PROVAÇÕES!

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: