Você já andou de bicicleta? Já tentou andar numa bicicleta com um pedal só? Como foi a experiência? Isso é algo fácil de fazer?

Nós temos estudado o livro de Tiago e visto sobre o grande desafio que temos de viver nessa terra. Quando éramos crianças, dificilmente pensávamos ou imaginávamos que passaríamos pelas dificuldades que passamos hoje. Você imaginava que a sua vida seria assim? Imaginava que hoje estaria vivendo as situações que tem vivido?

Nós temos aprendido com o livro de Tiago que as provações, as dificuldades que passamos vem para formar o nosso caráter e, quando perseveramos nas dificuldades, o Senhor forma o nosso caráter. E esse tipo de conhecimento, alinhado à prática, nos ajuda a crescermos e amadurecer na vida cristã.

Como podemos desenvolver melhor a nossa vida cristã? É fácil alinhar o conhecimento à prática?

Tiago 1:19-27

Já ouvimos que Tiago era irmão de Jesus e, alguns livros o descrevem como um irmão que andava muito próximo a Ele: onde Jesus estava, Tiago estava também. E, enquanto escrevia o seu livro, ele atuava como pastor de uma igreja, ou seja, ele escrevia para pessoas que já eram cristãs, mas se esqueceram de algumas coisas. E é interessante saber que Tiago, como irmão caçula de Jesus, viu a vida cristã na prática.

Podemos aprender muitas coisas com esse texto:

1 – Conhecer e praticar a Palavra são para os Filhos Amados de Deus
Nós somos amados por Deus e Tiago nos lembra disso antes mesmo de nos dizer como devemos conduzir a nossa vida. Muitas vezes, vemos Deus como alguém que está esperando de nós uma boa performance e, caso não nos saiamos bem, Ele vai nos rejeitar. Isso é mentira! Primeiro devemos aceitar o amor de Jesus por nós, então seremos capacitados a praticar a Palavra. É difícil obedecer sem antes conhecer a pessoa que nos ama, por isso, é difícil obedecer a Deus sem antes conhecer quem Ele é. O amor de Deus nos constrange e nos leva a mudar de vida.

2 – A Palavra de Deus é uma semente e ela não floresce em terreno de ira e impureza
Muitas vezes tentamos cumprir com a Palavra de Deus nos baseando no mérito ou no esforço humano, como se fosse uma troca com Deus. A Palavra de Deus é uma semente, mas ela não cresce em qualquer terreno: onde há impurezas e maldade, ela não floresce. Quando nosso coração está impuro, com pecados, irado, estamos sufocando a Palavra no nosso coração. Precisamos tomar cuidado, pois a ira e a impureza não nos deixam praticar a Palavra. Deus tem todo o interesse que sejamos sal e luz em todas as circunstâncias, mas, se não houver espaço para a Palavra em nosso coração, isso não será possível. Precisamos nos livrar da ira e da impureza do nosso coração.

3 – Ser ouvinte e não praticante da Palavra e esperar resultados diferentes é loucura!
Todo o conhecimento que conseguimos obter, se não vier acompanhado de prática, não serve para nada. Não basta apenas querer mudar de vida, estar presente em todas as reuniões, fazer todos os cursos, se a prática da Palavra não estiver presente em nossas vidas. Muitas vezes, queremos ser felizes, queremos os resultados, mas não nos preocupamos com o investimento. Conhecimento sem prática, não gera nada.

4 – Praticar a Palavra não é ser religioso, mas ser sábio.
Quando estamos a muito tempo na igreja, corremos o risco de achar que sabemos muitas coisas. Deus não está interessado em pessoas que dizem conhece-Lo, mas não conseguem controlar nem a própria língua. Corremos o risco de entrar em um estilo de vida no qual achamos que sabemos tudo, que não precisamos da ajuda de ninguém. A pessoa que vive assim pode conhecer muito da Palavra, mas está longe de praticá-la. E isso tira a autoridade do cristão: conhecer a Palavra e não praticá-la.

Deus não nos deu a Palavra apenas para conhecê-la, mas sim para praticá-la.

Na sua opinião, existe algo que seja básico na vida cristã? O que seria?

Usando o exemplo da bicicleta, podemos até ter tentado andar com um pedal só e até achado que iríamos conseguir chegar a algum lugar. Assim é também na nossa vida cristã: por vezes, achamos que apenas conhecer a Palavra é suficiente e que assim chegaremos a algum lugar, mas não é assim. Na nossa vida cristã, ao lermos a Palavra, precisamos praticá-la. Um dos pedais é o conhecimento da Palavra e o outro é a prática. Não vamos chegar a lugar nenhum com um pedal só.

Lucas 11:28

Quando se tratava do zelo em obedecer à Palavra, Jesus não brincava. E, não apenas por conhecer a Palavra, mas por VIVÊ-LA, Ele tinha autoridade.

Autoridade e poder só vem para que conhece a Palavra e a pratica.

Muitas vezes, nossa vida cristã não se desenvolve porque ouvimos muito, mas praticamos pouco. Nós, como cristãos, devemos considerar a Palavra de Deus, a nossa bíblia, como a própria Palavra de Deus, dita pela boca dEle.

Como você tem vivido? Tem encontrado dificuldades para praticar a Palavra de Deus?

João 14:21

Se nós conhecermos e praticarmos a Palavra de Deus, mostraremos a Ele o quanto O amamos. E não somente isso, mas receberemos dEle a resposta de que também somos amados por Ele.

Devemos desejar conhecer e aplicar a Palavra, para que todos os dias o Senhor Jesus venha se revelar a nós.

Isso é uma escolha prática: se está difícil conhecer e aplicar a Palavra, talvez ainda precisemos conhecer o amor e entregar a nossa vida a Jesus. E se já praticamos, mas temos negociado certas coisas, precisamos nos arrepender e voltar. Jesus se revela somente àqueles que estão com o coração totalmente entregue à Ele.

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: