SENTIR (quebra-gelo)

Algum pensamento seu acabou se tornando realidade na sua vida? Compartilhe.

APRENDER

Qual é a influência dos nossos pensamentos em nossa vida?

Nossos pensamentos têm um poder muito grande sobre nós, eles determinam os nossos caminhos e as nossas escolhas. Por isso, eles são tão importantes e, quando errados, podem nos levar a muitas dificuldades e tristezas.

Mas, Deus pensa diferente de nós. Os pensamentos dele são muito mais elevados do que os nossos, e Ele pensa em nós o tempo todo. O livro de Isaías mostra isso no capítulo 55: “Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos”, declara o Senhor. “Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos; e os meus pensamentos, mais altos do que os seus pensamentos”” (v. 8-9).

Precisamos aprender a pensar como Deus pensa, isso trará uma grande mudança nas nossas vidas. Quando temos os pensamentos de Deus, escolhemos obedecer à Sua Palavra e experimentamos de uma vida de justiça, paz e alegria!

O problema é que, como seres humanos, temos a tendência de vivermos para nós mesmos. Nossa maneira de pensar é sempre nos colocando em primeiro lugar. E isso, definitivamente, não é pensar como Deus pensa.

Qual é a relação entre os pensamentos, as palavras e as ações?

Muitos acham que cristianismo é sinônimo de não pensar, ou que não exige pensamento. Muito pelo contrário, Deus nos chama para pensar. Os pensamentos influenciam diretamente no que sentimos e na maneira como falamos ou agimos.

Você já parou para pensar sobre a relação entre os sentimentos que mais dominam o seu coração e os pensamentos que dominam a sua mente? Eles estão completamente ligados! O que pensamos determina o que sentimos e, consequentemente, influencia as nossas palavras e atitudes. Na maioria das vezes, pensamos errado e, por isso, sentimos errado e falamos errado.

Pensamentos -> Sentimentos -> Palavras e Atitudes

Quando pensamos como Deus pensa, sentimos o que Ele sente e são as Suas palavras que saem da nossa boca. A Bíblia nos convida a mudarmos a nossa maneira de pensar e, só então, mudarmos as nossas atitudes.

Como, então, mudamos a nossa maneira de pensar?

As verdades contidas na Bíblia nos ajudam a pensar de maneira diferente, a pensar como Deus pensa. Algumas delas são:

  1. Deus não mudou a Sua maneira de pensar e de agir do Antigo Testamento para o Novo Testamento

Muitos de nós achamos que Deus é muito diferente nas narrativas do Antigo Testamento de como é descrito no Novo Testamento. Mas, a verdade é que o Novo Testamento só confirma o que está no Antigo. “O Novo explica o Antigo, e o Antigo está contido no Novo”.

No Novo Testamento, Jesus revela a Deus como Pai. Ele nos libertou do poder do pecado, nos fez filhos de Deus e nos deu o Seu Espírito Santo. Por causa do sacrifício de Cristo, passamos a fazer parte da família de Deus!

Jesus, então, revela o Pai (Jo. 14:9) e vem para cumprir a Lei (Mt. 5:17-18) – que foi dada no Antigo Testamento.

Um testamento só tem validade após a morte do testador. No Antigo Testamento, a morte vinha através dos animais, que serviam como expiação para o perdão dos pecados. No Novo Testamento, o perdão veio através do sangue do Cordeiro Santo de Deus, Jesus Cristo (2Co. 5:21).

Deus não mudou a Sua maneira de pensar do Antigo para o Novo Testamento. Foi a humanidade que recebeu, através de Jesus, uma revelação maior de quem Deus é e de como Ele pensa.

  1. O Espírito Santo não nos controla, Ele nos ensina, encoraja e guia

Muitas vezes, nosso pensamento com relação ao Espírito Santo é o de que Ele precisa tomar posse de nós e controlar as nossas atitudes e palavras. Mas Deus não quer controlar ninguém, Ele quer libertar as pessoas para que elas escolham por si mesmas amá-lo e obedecê-lo (Jr. 31:31-34).

A maneira bíblica de pensar é: “Deus, eu me rendo a Ti, escolho fazer a Tua vontade”. Assim como fez Davi: “Senhor, meu Deus, tu nos fizeste muitas maravilhas, e teus planos para nós são tantos que não se pode contá-los; não há ninguém igual a ti. Se eu tentasse relatar todos os teus feitos, jamais chegaria ao fim. Não tens prazer em ofertas nem em sacrifícios; agora que me fizeste ouvir, compreendo tu não exiges holocaustos nem ofertas pelo pecado. Então eu disse: “Aqui estou, conforme está escrito a meu respeito no livro. Tenho prazer em fazer tua vontade, meu Deus, pois a tua lei está em meu coração”” (Sl. 40:5-8).

Quando Jesus fala da vinda do Espírito Santo aos Seus discípulos (Jo. 14:26-27), a palavra que Ele usa para descrevê-lo, no original, é “parakletos”, que significa consolador, conselheiro, encorajador, ajudador.

  1. O melhor de Deus Pai para nós está nesta terra, e não apenas no céu

A Bíblia nos garante que as promessas e o melhor de Deus para nós é para a nossa vida aqui na terra também. Paulo diz em sua carta aos Romanos: “A morte reinou sobre muitos por meio do pecado de um único homem. Ainda maior, porém, é a graça de Deus e sua dádiva de justiça, e todos que a recebem reinarão em vida por meio de um único homem, Jesus Cristo” (5:17).

O melhor do nosso Pai para nós é para agora (Sl. 23).

  1. O melhor de Deus para nós não está no passado, mas no futuro

Além de recebermos as promessas do Senhor nesta terra, não precisamos focar no que aconteceu no nosso passado, o que Ele promete é para o futuro (Jr. 29:11-13). Como podemos ir para a frente se estamos olhando sempre para trás?

Nossas decisões são feitas no tempo presente, e Deus quer que sejamos sensíveis à Sua voz, entendamos qual é a Sua vontade, para que tomemos boas decisões e sejamos abençoados. O melhor de Deus não está no passado!

REFLETIR

Você acredita que Deus tem o melhor para você?

Deus não quer apenas que conheçamos aquilo que Ele tem para nós, Ele quer que experimentemos. E isso acontece quando pensamos como Ele pensa.

Paulo disse em sua carta aos Romanos: “Não imitem o comportamento e os costumes deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma mudança em seu modo de pensar, a fim de que experimentem a boa, agradável e perfeita vontade de Deus para vocês” (12.2). Não andamos pelos caminhos deste mundo, deixamos que Deus mude o nosso modo de pensar e, então, experimentamos a Sua boa, agradável e perfeita vontade.

O Senhor é tão bondoso que deixou em Sua Palavra o Seu modo de pensar, para que possamos crer nessas verdades e deixar que elas transformem a nossa mente e, consequentemente, nossas atitudes e nossas palavras.

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

Você tem pensado como Deus pensa?

É fácil detectar os pensamentos que não são de Deus em nós, é só ver se o que estamos pensando tem a ver com o que está escrito na Palavra de Deus. O que você tem pensado? Tem a ver com as verdades que aprendemos? Se não, é hora de deixar que o Senhor mude a sua maneira de pensar.

Converse com um amigo ou seu discipulador, confesse os pensamentos que você tem tido e que não são como os pensamentos de Deus. Renove a sua mente, não se deixe levar pelo que o mundo fala e experimente a boa, agradável e perfeita vontade de Deus para você.

Incentive todos a compartilhar. Esteja atento àqueles que precisam de encorajamento e àqueles que precisam confessar para receber ajuda. Ore por todos.

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: