SENTIR (quebra-gelo)

Você já sentiu muita sede? E muita fome? Como você reagiu?
Nosso corpo tem água em sua composição, quando passamos longos períodos sem beber água nosso corpo sente os efeitos e sofre por isso.

APRENDER

Alimento para o corpo X alimento para o espírito
Por diversas vezes a bíblia usa esse exemplo, falando sobre a fome e a sede que o homem tem. Existem profecias sobre a fome, promessas sobre fome. A Bíblia fala sobre o alimento, assim como alimentamos o corpo, temos também que alimentar o Espírito. Sempre que a Bíblia fala sobre fome é sobre a Palavra de Deus, e quando fala de sede é sobre o Espírito Santo.

“Então Jesus declarou: “Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim nunca terá fome; aquele que crê em mim nunca terá sede.” – João 6:35

Fome espiritual está ligada ao nosso relacionamento com Jesus Cristo.

O livro de Atos, no capitulo 2 diz que o Espírito Santo foi derramado sobre os homens, e muito mais do que as manifestações demonstradas desse encontro a maior mudança na vida deles, foi o novo estilo de vida que eles ganharam. Uma nova forma de viver. Uma profecia foi cumprida: “vou derramar do meu Espírito Santo sobre todos.”

A primeira pregação de Pedro foi o passo a passo para receber o Espírito Santo. Os homens que presenciaram o acontecimento de Atos foram até Pedro e perguntaram o que deveriam fazer para receber o Espírito. Então Pedro prega sobre o arrependimento e a fé em Jesus Cristo para ser cheio do Espírito. A partir dali a vida deles foi transformada, passaram a viver em comunidade, em comunhão uns com os outros, louvando a Deus e experimentando as maravilhas.

Quando o rio de Deus começa a fluir, as coisas mudam na vida das pessoas.

Mas como podemos experimentar isso em nossa vida?

“O Espírito e a noiva dizem: “Vem!” E todo aquele que ouvir diga: “Vem!” Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da água da vida.” – Apocalipse 22:17

Estamos falando sobre o fluir do espírito, e o grande problema desse fluir é a falta de sede. Aquele que tem sede, beba da água da vida. Quando não temos sede, não buscamos a água da vida.

Em João capítulo 4 a Bíblia conta a história da mulher samaritana. Jesus se encontra com ela em um poço, ambos estão buscando água. No contexto da época, esse diálogo não deveria acontecer, pois Judeus e Samaritanos eram povos que não habitavam juntos, não se falavam. Aquela mulher conversa com Jesus, mas com surpresa por ele se interessar por ela. Ele diz que se ela soubesse quem Ele era ela lhe pediria a água da vida para nunca mais sentir sede.

Jesus apresenta uma realidade espiritual a ela – ela tem sede, e não uma sede física, mas uma sede espiritual.

REFLETIR

Na continuação do diálogo a mulher responde a Jesus sobre sua necessidade do alimento para o corpo, ela fala sobre a água do poço e Jesus fala sobre o alimento para o espírito, a água que além de matar a nossa sede, nos transforma em uma fonte que brota a vida eterna.

Muitas vezes, assim como a mulher samaritana, Deus quer nos falar sobre coisas espirituais e nós apenas buscamos resolver nossos problemas, coisas emergenciais, a sede do nosso corpo.

A mulher samaritana tinha um problema, como muitos de nós temos – muitas vezes nos achegamos a Jesus através de uma situação delicada de nossa vida. Mas Jesus vê além da nossa necessidade humana, Ele vê a necessidade do nosso espírito. Após uma palavra de conhecimento de Jesus, ela percebe que Ele é um profeta, mas Jesus não parou por ai, na parte de reconhecimento – Ele queria se REVELAR A ELA.

A próxima pergunta da mulher já fala sobre adoração, ela já deixa de pensar na água que foi buscar para mostrar a sede de adorar o Pai que ela tinha. Então Jesus se apresenta a ela como o Messias, aquele que busca os verdadeiros adoradores.

Quando nós temos sede, recebemos uma revelação pessoal de quem Jesus é.

A maioria de nós tenta substituir Jesus por outra coisa, carreira, trabalho, relacionamentos, pecados, mas a sede de Deus não pode ser saciada com outra coisa, apenas com Deus.

Na continuação do texto, os discípulos, que foram buscar comida, chegam e perguntam ao Senhor se Ele não deseja comer. Falam que Ele está cansado e lhe oferecem comida. Mas Jesus responde de maneira categórica, dizendo que existe uma fome que eles ainda não conhecem, a fome de Jesus Cristo é fazer a vontade do Pai.

A mulher samaritana teve uma revelação que nenhuma outra pessoa teve, Jesus disse a ela que era o Messias, o esperado pelos povos. A sede daquela mulher transformou a sua vida. O texto ainda continua dizendo que a mulher voltou para a vila e espalhou que Jesus Cristo era aquele que eles esperavam, aquele de quem as profecias falavam.

Precisamos responder espiritualmente as questões espirituais e ficarmos atentos, sem distrações.

 

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

Como está a nossa sede?

O que nós temos buscado reflete mais o alimento para o corpo ou o alimento para o espírito? Onde a nossa sede tem nos levado?

Pode acontecer de nós estarmos ouvindo a Deus, ouvindo o chamado do Senhor, mas o nosso medo nos impede de viver as coisas que o Espirito Santo quer nos revelar.

No início de Atos diz como os discípulos vivia, como eles buscaram, perseveravam em oração, em comunhão uns com os outros, vivendo em generosidade e adorando ao Senhor.

A sede por mais de Deus nos ajuda a vencer o medo.

Líder: Esteja atento àqueles que precisam de encorajamento. Lembre-se do discipulado e da importância de caminharmos juntos no processo de renovação da nossa mente.

Aviso:

Vida Vitoriosa Mulheres
Dias 1, 2 e 3 de Novembro.

Vida Vitoriosa Homens
Dias 8, 9 e 10 de Novembro.

Retire as fichas no balcão de informações na igreja.

Siga-nos: