SENTIR (quebra-gelo)

Quando você pensa e ouve falar sobre a Igreja Primitiva – Igreja de Atos – quais características vem a sua mente? Utilize esse momento para incentivar os membros da célula a lerem o livro de Atos, e ressalte algumas características que para você, são a descrição dessa igreja dos primeiros dias.

APRENDER

No texto de Atos capitulo 4 está a continuação da história que começou no capitulo anterior (se necessário líder, leia novamente a história de Pedro e João curando o aleijado em Atos 3). Pedro e João realizam um milagre, na porta do templo, e nos versículos de 1 a 22 está registrada a reação dos religiosos da época.

Como característica da igreja de Atos, podemos perceber que eles eram cheios de ousadia e CONHECIAM O QUE JESUS TINHA FALADO, e REALIZAVAM AS OBRAS QUE JESUS FEZ.

Não podemos cometer o erro de sermos opcionais em nossa vida cristã, tentando escolher apenas as verdades que gostamos ou nos trazem benefícios. Não existe vida cristã sem o Espírito Santo, e o Ele é como a água viva que rega as sementes da palavra de Deus em nosso coração.

Precisamos ter as PALAVRAS DE DEUS EM NOSSO CORAÇÃO para que o Espírito Santo possa trazer elas a vida! Pedro e João foram discípulos porque viram as obras e ouviram as palavras de Jesus. Na cura do coxo eles entregam o que eles têm, logo após a cura, eles pregam o evangelho. Ao mesmo tempo eles demonstram a OBRA e falam as PALAVRAS de Jesus.

  • Não seja um espectador, seja um protagonista

Você já percebeu como somos ensinados a sermos espectadores? Espectador é aquele que está assistindo alguma coisa, e não necessariamente está envolvido com aquilo. Corremos o risco de viver uma vida cristã de espectadores, onde ficamos analisando, criticando, e quando não gostamos simplesmente saímos da célula, igreja, relacionamento.

Jesus não morreu na Cruz para nos trazer entretenimento, Ele morreu e ressuscitou para termos uma nova vida, uma vida ativa que envolve irmos por todo o mundo e pregarmos o Evangelho – a Grande Comissão!

As palavras de Jesus somadas as obras realizadas no nome de Jesus tiram o protagonismo da religião e colocam no poder de Deus, pois toda vez que o Espírito Santo age a glória é dada a Deus.

Pedro e João não ficaram preocupados com o que as pessoas iriam falar, com o que os Saduceus poderiam pensar sobre curar um homem. Eles simplesmente compartilharam o que eles tinham.

O problema dos nossos dias é que a cultura nos ensina a simplesmente mudar de canal, quando a programação não nos agrada, procurar outra coisa, buscar algo para assistir. Jesus não morreu na cruz e ressuscitou para sermos espectadores, mas para sermos protagonistas na expansão do evangelho.

Ser cristão não é ser um consumista, mas ser um doador.

  • O Evangelho e a vida cristã precisa ser vivida em Comunidade!

Pedro e João estavam indo juntos ao templo para orar, Jesus enviou os discípulos de dois em dois. Isso parece ser apenas um detalhe, mas quando estamos com outras pessoas nós somos mais corajosos. A maioria de nós tem ou já teve um amigo que acompanhava nas situações engraçadas da vida, ou nas situações tristes. Isso mostra que realmente não podemos viver sozinhos. Quando estamos juntos temos mais ousadia.

A perseguição vem para nós cristãos quando pregamos o Evangelho. Assistencialismo, obras sociais não é a mesma coisa que pregar o evangelho! Devemos sim cuidar do pobre, da viúva, do necessitado – isso está contido, está dentro do Evangelho – mas o evangelho completo tem que ser pregado o AMOR e o Sacrifício de Jesus!

A vida cristã não pode ser vivida em solidão, mas deve ser vida em comunidade, para que juntos todos experimentem de uma vida cheia do Espírito Santo.

REFLETIR 

  • Quando existem pessoas cheias do Espírito Santo, Jesus é revelado

“Quando os membros do conselho viram a coragem de Pedro e João, ficaram admirados, pois perceberam que eram homens comuns, sem instrução religiosa formal. Reconheceram também que eles haviam estado com Jesus. Mas não havia nada que pudessem fazer, pois o homem que tinha sido curado estava ali diante deles.” – Atos 4:13-14

Quando vivemos uma vida de busca ao Senhor, cheia do Espírito Santo, nossas atitudes e palavras testemunham sobre Jesus. Não é necessária uma grande cura, ou um milagre financeiro para a luz de Jesus brilhe em nossas vidas.

Cada um de nós tem um testemunho, sobre o que Jesus fez em nossas vidas. Como nós éramos, o que mudou e como nós somos agora cheios do Espírito Santo!

O texto diz que todos ficaram admirados, porque eles eram homens comuns, não carregavam títulos, funções, apenas amavam as pessoas e tinham o desejo de transformar a vida das pessoas. Eles compartilhavam o que tinham!

Pedro e João passaram pelo julgamento das autoridades da época, os Saduceus e o conselho de sacerdotes. Isso não aconteceu apenas porque curaram um coxo, mas porque havia neles sabedoria, ousadia, palavras claras e convicção. Pedro e João estavam cheios do Espirito Santo.

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

E nós, estamos sendo perseguidos?

“Os membros do conselho fizeram novas ameaças, mas, por fim, os soltaram. Não sabiam como castigá-los sem provocar um tumulto, visto que todos louvavam a Deus pelo ocorrido, pois o aleijado que havia sido curado milagrosamente tinha mais de quarenta anos de idade.”- Atos 4:21-22

Quando vivemos uma vida cheia do Espírito Santo, nós podemos olhar para as pessoas e ouvir do Senhor aquilo que elas precisam. Amar e servir a todos aqueles que estão ao nosso redor, criando oportunidades para que o Espirito transforme vidas. Com oração, com doação, com generosidade. Mesmo debaixo de ameaças, de perseguição, mesmo que após pregar o evangelho as pessoas sejam injustas conosco.

Pedro e João passaram por ameaças, mas nada é capaz de calar a glória que é dada a Deus.

“Não podemos deixar de falar do que vimos e ouvimos!”. Atos 4:20

Líder: Esteja atento àqueles que precisam de encorajamento. Lembre-se do discipulado e da importância de caminharmos juntos no processo de renovação da nossa mente. Aviso:

Vida Vitoriosa Mulheres – De 1 à 3 de novembro
Dia 1, sexta-feira – 20h

Dia 2, sábado – 15h

Dia 3, domingo – 08h

Vida Vitoriosa Homens
Dias 8, 9 e 10 de Novembro.

Retire as fichas no balcão de informações na igreja.

Siga-nos: