SENTIR (quebra-gelo)

Você sabe o que significa temer a Deus?
A bíblia diz que o temor ao Senhor é o principio da sabedoria, mas o que significa isso, o que é temer ao Senhor?

APRENDER

Após o pentecostes, quando o Espirito Santo encheu o coração dos discípulos, uma cultura foi estabelecida, um modo de viver entre aquelas pessoas foi registrado. Os religiosos da época tentaram prender Pedro e João, como aprendemos, porque esse estilo de vida incomodava a eles.

Todos os que creram estavam unidos em coração e mente. Não se consideravam donos de seus bens, de modo que compartilhavam tudo que tinham. Com grande poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e sobre todos eles havia grande graça.” – Atos 4:32

Esse texto revela algumas marcas do grupo que se reunia nesse tempo. Estamos falando da quantidade de 5 mil homens, fora mulheres e crianças. O texto diz que eles estavam unidos de coração e mente, que significa que eles conseguiam ter as mesmas percepções, eles tinham liberdade para conversar entre eles e ouviam do Senhor as mesmas palavras. Outra marca era o compartilhamento dos bens, o texto diz que eles não se consideravam donos dos bens, isso que dizer que eles haviam entendido que tudo o que receberam veio de Deus, então eles podiam compartilhar. Os líderes tinham uma graça sobre eles, por carregarem a mensagem do evangelho, concentrados em levar Jesus até as pessoas, eles eram capazes de amar a todos e receber os necessitados que se uniam ao grupo.

A continuação do texto diz que “Entre eles não haviam necessitados…”, esse versículo é interessante porque não fala apenas de provisão material, mas de tudo, não haviam necessitados de bens, de saúde, de amizade, de relacionamentos. Nós sabemos que é necessário ser humilde para reconhecer tudo aquilo que falta em nossas vidas, mas entre aqueles que vivem um estilo de vida com o Espirito Santo, não existem necessitados.

Barnabé, Ananias e Safira

É nesse contexto que surgem 3 personagens, Barnabé, Ananias e Safira. Barnabé é conhecido por ter sido um dos homens que acreditaram na conversão de Saulo, quando ele chegou a igreja. Seu nome significa “Filho do descanso”, ou “Filho da Profecia”, ele era um mestre da palavra. Ele foi um dos homens que vendeu propriedades para ajudar os necessitados. Barnabé tinha um terreno, e vendeu.

Ananias e Safira eram um casal que também fazia parte da igreja. Eles venderam uma propriedade, assim como os outros, mas no momento de entregar a oferta com o valor do terreno, eles combinaram de guardar um valor para si e mentir sobre o valor total da venda.

Esses textos estão registrados em Atos por um motivo, para mostrar o quão importante é a motivação do nosso coração. Barnabé entregou sua propriedade para ajudar os pobres, Ananias e Safira venderam sua propriedade para conseguir se destacar de alguma forma, aparecer, ganhar reconhecimento, fazer parte do grupo de pessoas que são boas a ponto de vender suas propriedades. Eles tentaram mentir para o Espírito Santo, e o final da história não foi bom para eles.

“Então Pedro disse: “Ananias, por que você deixou Satanás encher seu coração? Você mentiu para o Espírito Santo quando guardou parte do dinheiro para si. A propriedade era sua para vender ou não, como quisesse. E, depois de vendê-la, o dinheiro também era seu, para entregar ou não. Como pôde fazer uma coisa dessas? Você não mentiu para nós, mas para Deus! Assim que Ananias ouviu essas palavras, caiu no chão e morreu. Um grande temor se apoderou de todos que souberam o que havia acontecido. Então alguns jovens se levantaram, envolveram o corpo num lençol e o levaram para fora, e depois o sepultaram. Cerca de três horas depois, sua esposa entrou, sem saber o que havia acontecido. Pedro lhe perguntou: “Foi esse o valor que você e seu marido receberam pelo terreno?”. Ela respondeu: “Sim, foi esse o valor”. Então Pedro disse: “Como vocês puderam conspirar para pôr à prova o Espírito do Senhor? Veja, os jovens que sepultaram seu marido estão logo ali, perto da porta, e também levarão você”. No mesmo instante, ela caiu no chão e morreu. Quando os jovens entraram e viram que ela estava morta, levaram seu corpo para fora e a sepultaram ao lado do marido. Um grande temor se apoderou de toda a igreja e de todos que souberam desse acontecimento”. – Atos 5:3-4

O valor das propriedades não importa para Deus, Ele é dono da prata e do ouro. Precisamos nos importar mais com a motivação do nosso coração, do que com os valores que entregamos, do que com aquilo que vamos fazer para a igreja, como vamos servir, em que lugar, em que horário. Independente dessas informações, nosso coração deve estar sempre voltado para o Senhor, desejoso de entregar toda a glória a Ele.

REFLETIR

Hipocrisia é fingir virtude e sentimento, uma fé que a pessoa não possui. Aparentar uma qualidade que não se tem. Ananias e Safira foram hipócritas, a motivação do coração deles estava errada, eles não amavam os pobres aqueles que tinham falta, amavam a si mesmos e buscavam reconhecimento dos homens para as obras que eles faziam. 

O temor a Deus

“Um grande temor se apoderou de toda a igreja e de todos que souberam desse acontecimento.” – Atos 5:11

Muitos de nós gastam tempo em busca do reconhecimento dos homens, concentrados naquilo que as pessoas pensam de nós. Em vez de nos apegarmos firmemente naquilo que o Senhor pensa de nós. Muitos de nós quando fazem algo que Deus nos pediu desejam garantir que alguém veja. Isso revela um coração orgulhoso, preocupado com a opinião das pessoas.  Após o acontecimento com Ananias e Safira, um grande temor se apoderou de todos, os da igreja e os que não pertenciam a ela.

“Os apóstolos realizavam muitos sinais e maravilhas entre o povo. Todos se reuniam regularmente no templo, na parte conhecida como Pórtico de Salomão. Quando se reuniam ali, ninguém mais tinha coragem de juntar-se a eles, embora o povo os tivesse em alta consideração. Cada vez mais pessoas, multidões de homens e mulheres, criam no Senhor. Como resultado, o povo levava os doentes às ruas em camas e macas para que a sombra de Pedro cobrisse alguns deles enquanto ele passava. Muita gente vinha das cidades ao redor de Jerusalém, trazendo doentes e atormentados por espíritos impuros, e todos eram curados.” – Atos 5:12-16

Esse foi o resultado da demonstração do juízo de Deus, a sinceridade de coração, a transparência e o coração colocado no lugar certo, com a motivação correta. Os discípulos que realizavam as obras registradas no livro de atos se mantinham em comunhão, na presença de Deus Pai através do seu Espirito Santo.

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

Qual tipo de igreja nós desejamos ser?

Deus não executa mais esse tipo de juízo, os registros estão na bíblia para que o temo invada o nosso coração, devemos entender a importância do temor ao Senhor.

Esse texto de Atos 5 é um convite ao compromisso sincero, a pagar o preço necessário para que o evangelho chegue a todos e para que entre nós, dentro da nossa comunidade não existam necessitados.

Precisamos renunciar a toda a hipocrisia, a toda necessidade de reconhecimento das pessoas, Deus é quem nos recompensa. O arrependimento é o antidoto para a hipocrisia, para a mudança de motivação, para colocar o nosso coração direcionado para a gloria de Deus e não para a nossa própria gloria.

Jesus nos ensinou que mais do que as coisas que fazemos no Reino e para Ele, a nossa alegria deve estar por nosso nome estar escrito no céu (Lc 10.17-20). Isso não quer dizer que não devamos buscar as obras. Mas sempre lembremos que as Obras e a Palavra de Jesus andam JUNTAS, e isso protege o nosso coração do orgulho.

Líder: Encoraje sua célula a orar por arrependimento, para que a nossa comunidade experimente o mover sobrenatural do Espirito Santo, assim como a igreja de atos. É momento de orarmos com ousadia pedindo para que o Senhor nos encha para abençoarmos nossa cidade!

Siga-nos: