SENTIR (quebra-gelo)

Você já pensou que um problema não tinha solução?
Muitos de nós enfrentam problemas que parecem sem solução, estamos convivendo há tanto tempo com determinada situação que a solução não parece mais uma possibilidade.

APRENDER

Quando Lucas escreve o livro de Atos, ele faz uma continuação do evangelho que leva o seu nome. Jesus Cristo subiu aos céus e enviou o seu Espírito Santo para através de nós continuar realizando grandes e poderosas obras aqui na terra.

O Senhor Jesus deseja se revelar aqueles que o amam, que querem obedecê-lo.

“Certo dia Pedro e João estavam subindo ao templo na hora da oração, às três horas da tarde.
Estava sendo levado para a porta do templo chamada Formosa um aleijado de nascença, que ali era colocado todos os dias para pedir esmolas aos que entravam no templo. Vendo que Pedro e João iam entrar no pátio do templo, pediu-lhes esmola. Pedro e João olharam bem para ele e, então, Pedro disse: “Olhe para nós!”
O homem olhou para eles com atenção, esperando receber deles alguma coisa.
Disse Pedro: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isto lhe dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande”. Segurando-o pela mão direita, ajudou-o a levantar-se, e imediatamente os pés e os tornozelos do homem ficaram firmes. E de um salto pôs-se de pé e começou a andar. Depois entrou com eles no pátio do templo, andando, saltando e louvando a Deus. Quando todo o povo o viu andando e louvando a Deus,
reconheceu que era ele o mesmo homem que costumava mendigar sentado à porta do templo chamada Formosa. Todos ficaram perplexos e muito admirados com o que lhe tinha acontecido.
Apegando-se o mendigo a Pedro e João, todo o povo ficou maravilhado e correu até eles, ao lugar chamado Pórtico
de Salomão.” – Atos 3:1-11

Logo no início do texto fica claro que Pedro e João estavam indo orar. Esse fato diz muito sobre como o Espírito Santo trabalha em nós. Deixa claro o que é necessário para que as obras maiores aconteçam. Existe uma situação, um homem aleijado na porta do templo, que era colocado lá todos os dias para pedir esmolas.
Esse homem era aleijado desde o nascimento, dependia de outras pessoas para ser colocado para pedir esmolas, será que ele acreditava que essa situação tinha solução?

Quantos de nós passamos tempos e tempos em uma situação, que em determinado momento não acreditamos mais na cura, na provisão, no socorro.

Pedro e João precisaram chamar a atenção dele, dizendo: “Olhe para nós!“. Talvez o homem estivesse vivendo no automático, fazendo a mesma coisa por tanto tempo, achando até mesmo que era normal aquele sofrimento.

Deus faz isso conosco, chama a nossa atenção para que, com os olhos fixos nEle, um milagre aconteça.

Mas quem nós somos nessa situação?

É óbvio que é mais fácil para qualquer um de nós se colocar no papel do mendigo. Mostrar nossos sofrimentos e dizer que nós precisamos de ajuda. Mas o fato é que a maioria de nós é Pedro e João. Quando nos deparamos com situações como essas, como nós agimos? Qual é a nossa reação?
O que você que tem acesso a presença de Deus quer dar aos que pedem?

No versículo 6, do texto de Atos, Pedro diz: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isto lhe dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande”. Segurando-o pela mão direita, ajudou-o a levantar-se, e imediatamente os pés e os tornozelos do homem ficaram firmes.”

O homem que nunca havia andado na vida, levantou e entrou com eles no templo.

Pedro declarou cura no nome do Senhor Jesus e estendeu a mão ao homem, naquele mesmo instante o homem pula e começa a caminhar, saltando e louvando a Deus.

REFLETIR

Seja um filho convicto de quem é o seu Pai

Pedro e João não tinham condições de realizar esse milagre, mas eles estavam cheios do Espirito Santo e convictos de que o Pai jamais os deixaria.

A convicção deles fez com que uma multidão reconhecesse o agir do Espírito na vida daquele homem.

Pela fé no nome de Jesus, este homem que vocês veem e conhecem foi curado. “- Atos 3:16

Quando nós deixamos o Espirito Santo fluir através de nós e Deus começa a fazer aquilo que ele deseja fazer, as pessoas se aproximam e então temos a oportunidade de pregar o evangelho, assim como Pedro, que naquela ocasião apresentou o evangelho não apenas em palavras, mas também em poder.

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

Uma vida que vai mais além

Jesus Cristo disse que o Espírito Santos nos ajudaria a realizar as obras que Ele realizou e obras ainda maiores. A nossa função nesse processo é ter um relacionamento com Deus tão profundo que a nenhuma circunstância abale a convicção de que somos filhos de Deus, amados por Ele.

Quando cremos nisso verdadeiramente, podemos viver como filhos amados, com livre e total acesso a presença de Deus, compartilhando o evangelho que nos salvou e que deseja transformar muitas vidas através de nós.

Quando entendemos o amor de Deus por nós e pelas pessoas ao nosso redor, podemos olhar para elas e dizer: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isto lhe dou.”

Líder: Esteja atento àqueles que precisam de oração e encorajamento. O Espírito Santo está trabalhando em nosso meio, se dedique à oração pelo grupo e peça para que o Espírito toque àqueles que sentem sede por mais de Deus. Lembre-se do discipulado e da importância de caminharmos juntos no processo de renovação da nossa mente.

Aviso Importante:

Vida Vitoriosa Mulheres
Dias 1, 2 e 3 de Novembro.

Vida Vitoriosa Homens
Dias 8, 9 e 10 de Novembro.

Retire as fichas no balcão de informações na igreja.

Siga-nos: