SENTIR (quebra-gelo)

Como tem sido essa série para você? Você já conseguiu identificar os seus gigantes? Compartilhem.

APRENDER

A história de Davi na bíblia pode ser encontrada nos livros de 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis e também nos Salmos, para conhecer mais sobre esse importante homem de Deus, basta ler esses escritos. Hoje falaremos sobre o relato da ida do profeta Samuel até a casa de Jessé para ungir Davi como o novo rei de Israel.

“O Senhor disse a Samuel: “Até quando você irá se entristecer por causa de Saul? Eu o rejeitei como rei de Israel. Encha um chifre com óleo e vá a Belém; eu o enviarei a Jessé. Escolhi um de seus filhos para ser rei”.
Samuel, porém, disse: “Como poderei ir? Saul saberá disto e me matará”. O Senhor disse: “Leve um novilho com você e diga que foi sacrificar ao Senhor. Convide Jessé para o sacrifício, e eu lhe mostrarei o que fazer. Você irá ungir para mim aquele que eu indicar”. Samuel fez o que o Senhor disse. Quando chegou a Belém, as autoridades da cidade foram encontrar-se com ele tremendo e perguntaram: “Você vem em paz? ” Respondeu Samuel: “Sim, venho em paz; vim sacrificar ao Senhor. Consagrem-se e venham ao sacrifício comigo”. Então ele consagrou Jessé e os filhos dele e os convidou para o sacrifício. Quando chegaram, Samuel viu Eliabe e pensou: “Com certeza este aqui é o que o Senhor quer ungir”. O Senhor, contudo, disse a Samuel: “Não considere a sua aparência nem sua altura, pois eu o rejeitei. O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração“.
1 Samuel 16:1-7

Quando Samuel viu os filhos de Jessé, logo pensou que o rei seria Eliabe, filho mais velho, homem forte. Mas Deus diz que Samuel não deveria considerar a aparência e nem a altura, pois o homem não vê o que o Senhor vê.
Pensando nessa cena, você consegue imaginar como Davi deve ter se sentido quando percebeu que seu pai, ao receber um profeta, chamou todos os filhos, menos ele? E ainda mais, como Eliabe deve ter se sentido, ao não ser escolhido como rei? Naquela época o filho mais velho era o sucessor natural do pai, mas o escolhido foi Davi, o irmão mais novo.

Davi poderia ter se sentido rejeitado, mas ele escolheu confiar no amor de Deus

Quando esse assunto da rejeição chega aos nossos ouvidos, nós podemos pensar de duas formas: “sim, eu sofro disso!”, podemos sondar o nosso coração e reconhecer que existe uma raiz de rejeição nos atrapalhando ou “Eu não tenho problema com isso.”, pensamos que não precisamos da aprovação de ninguém, que não nos importamos com o que os outros pensam – mas a verdade é que ambos são reações de que algo está acontecendo em nosso coração.

Quando voltamos ao jardim do Éden, uma semente de rejeição foi plantada na humanidade. A estratégia da serpente foi nos comparar, fazer com que acreditássemos que precisamos de algo a mais, que geralmente não temos e encontramos no outro. Nós nascemos em um mundo caído, que acreditou na mentira de que as pessoas valem somente o que conseguem realizar ou o que outras pessoas dizem que elas valem.

Hoje em dia vemos isso claramente nas redes sociais, o maior ambiente de comparação do mundo, onde pessoas observam a vida das outras e tentam buscar aquilo que falta em suas vidas. Comparação, falta de identidade, a aparência de que a vida dos outros tem algo que lhes falta.

Se as redes sociais são o lugar em que obtemos o nosso valor, então estamos perdidos.

Se vivemos em busca da aprovação das pessoas, morreremos com a sua rejeição.

O Senhor não nos pede para viver a vida de outra pessoa. O Senhor nos pede para correr a nossa corrida. Ele pagou o preço na cruz para sermos quem Ele nos criou para ser.

Qual a origem da rejeição?

Na maioria dos casos a origem da rejeição são as palavras, coisas que falaram ou deixaram de falar sobre nós, uma aprovação que nós esperávamos e que nunca houve. As coisas que fizemos certo, mas as pessoas só observaram o que estava errado. Durante a infância fazemos de tudo para receber a aprovação de um pai, uma mãe, um professor, um líder, mas quando essa aprovação não vem, basicamente recebemos uma mensagem de que não somos importantes, de que não somos bons o bastante. Esse gigante nos desmoraliza e rouba a glória do Deus que nos ama incondicionalmente.

REFLETIR

O que não vence a rejeição?

Nenhuma quantia em dinheiro, ou boa aparência. Nada disso consegue nos livrar da rejeição. Sucesso, dinheiro, fama, aprovação das pessoas, nada disso vence a rejeição. O sucesso não tem um limite, quando atingimos um alvo, sempre temos um outro maior pela frente, que nos escraviza. Com o dinheiro sempre achamos que algo está faltando em nossa vida, que precisamos ganhar mais para comprar mais e viver melhor, uma mentira. A fama, a popularidade, a aprovação das pessoas, nada disso vence a rejeição.

O que vence esse vazio que existe em nós, essa necessidade de ser aceito, é amor do Senhor, a obra da cruz, quando Deus enviou seu filho para nos livrar das amarras das rejeição, para levar sobre Ele todo sentimento que nos aprisiona. O amor de Deus nos mostra quem nós realmente fomos criados para ser.

Como Davi venceu todas as rejeições que sofreu?

Davi foi excluído do momento de purificação pelo próprio pai, Davi foi insultado pelo irmão mais velho Eliabe quando estava junto com o exercito de Israel, antes de enfrentar o gigante, foi chamado de arrogante. Davi foi rejeitado por Saul quando disse que iria lutar contra Golias.

Davi venceu a rejeição porque ele conhecia a Deus.

Davi tinha experiências com Deus, Davi tinha momentos no secreto, batalhas contra a rejeição em seu interior. Antes de se tornar o rei de Israel, Davi buscou a sua identidade naquele que o criou.

Vencendo o gigante da rejeição

“Certo dia, quando as multidões estavam sendo batizadas, Jesus também foi batizado. Enquanto ele orava, o céu se abriu, e o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma corpórea, como uma pomba. E uma voz do céu disse: “Você é meu filho amado, que me dá grande alegria.” – Lucas 3:21-22 NVT

Jesus Cristo não tinha realizado nada, mas já era aceito pelo Pai. Assim como nós, Deus nos criou, Deus nos desejou. O Salmo 139 diz: “Tu me formaste no meu interior e me teceste no ventre de minha mãe.”, desde o começo Deus pensava em cada um de nós.

O sangue de Jesus na cruz pagou todo o preço necessário para nos livrar de toda a rejeição, o valor da sua vida é medido pela vida que foi entregue por você. Nós devemos viver por que já somos aceitos e não para sermos aceitos. BUSQUE AQUELE QUE ESTÁ BUSCANDO VOCÊ.

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

Você está rejeitando a si mesmo?

Em João 15:16, Jesus diz: “Vocês não me escolheram; eu os escolhi.”. Deus deu tudo de mais precioso que Ele tinha para ter um relacionamento pessoal com você. Ele não vai desistir de você por nada.

Muitas vezes nós rejeitamos a nós mesmos, vivendo reféns das nossas inseguranças, pensando negativamente sobre o futuro. E se o meu trabalho não dar certo? E se meu casamento não der certo?

Deus te criou para dar certo, Deus não rejeita você. Por isso podemos declarar que toda rejeição já foi anulada na Cruz!

Líder: Encoraje sua célula a orar por isso, a sondar o próprio coração, a entrega-lo ao Senhor e se libertar das prisões da rejeição. Ajude-os a derrotar esse gigante.

Siga-nos: