SENTIR (quebra-gelo)

Fale para pessoa ao seu lado, uma qualidade que você enxerga em você mesmo. Foi difícil falar algo bom sobre nós mesmos? Para muitos, isso é um desafio. Por que isso acontece? Pois nós temos a tendência de pensar o pior de nós mesmos, levantando assim gigantes em nossos pensamentos.

APRENDER

Chegamos ao último capítulo da nossa série Golias Deve Cair. Falamos sobre muitos assuntos, temas confrontadores, que nos fizeram refletir, pensar e analisar, nossos comportamentos, palavras, atitudes, e principalmente nossos gigantes. As coisas que nos paralisam. Nossos medos, nossos traumas, nossos vícios, nosso conforto e tanto mais.

Golias realmente deve cair, os gigantes que se levantam contra nós devem cair, mas nós, precisamos de combustível para travar essa luta, precisamos de algo que nos incentive, e que nos dê a direção correta para seguir.

Veja esse texto:

“Se, porém, andamos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.” – 1 João 1:7-9

Andar na luz significa não ter medo do que estamos sentindo, do que estamos vivendo ou pensando – não é não ter medo do Gigante. Andar na luz nem sempre é algo fácil, e quando estamos em meio a lutas e dores emocionais parece que essa dificuldade aumenta. Andar na luz é sempre trazer nossos pensamentos e nossos gigantes a luz da palavra de Deus, pois pela Palavra, sabemos que Jesus já venceu todos eles! Andar na luz protege o nosso coração e nos enche de esperança de que o momento que estamos vai passar.

E como podemos andar na luz?

O Evangelho de Jesus Cristo nos trás muitas boas noticias. A palavra de Deus nos esclarece muitos dos problemas que temos enfrentados, mas as vezes, somos levados a uma série de pensamentos que nos levam a acreditar em coisas que não precisamos acreditar. Ficamos muitas vezes inseguros por causa que damos mais voz a mentiras, do que a verdades.

A verdade poderosa é que Jesus já venceu todos os gigantes. A obra da cruz, a ressurreição de Cristo, foi um feito definitivo. A bíblia conta que Jesus morreu, tomou a chave do inferno das mãos do morte e então foi ressuscitado pelo poder do Espírito Santo. Jesus foi tentado pelo diabo, sofreu todo tipo de acusação, foi acoitado, espancado, rejeitado pelo próprio povo, falaram mal dEle, conspiraram contra Ele, no jardim do Getsêmani, enquanto orava, Jesus chorou lágrimas de sangue, em uma tristeza profunda. Jesus sofreu para vencer essa guerra por nós, mas a boa notícia do evangelho é que Ele venceu, levou sobre si todos os nossos pecado e enfermidades. Ele é a voz que devemos ouvir.

Compreendemos que Jesus venceu tudo isso, e encarou todo esse sofrimento por mim e por você, pois a sua motivação estava no lugar certo: HONRAR E GLORIFICAR A DEUS. A motivação que levou Davi a vencer Golias também era como a de Jesus – não era de vencer e criar um nome para si, não era de demonstrar seu poder, não somente se livrar de um problema – A motivação de Davi foi a glória de Deus!

“Davi, porém, disse ao filisteu: “Você vem contra mim com espada, com lança e com dardos, mas eu vou contra você em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem você desafiou.” – 1 Samuel 17:45

Davi não estava na batalha, mas era o exercito de Israel estava diante do gigante há 40 dias, ouvindo os insultos e sofrendo com o medo. Quando  avistou aquela situação, Davi não sentiu medo, não se preocupou com o que os homens diriam, com o que Saul diria, ele se preparou e avançou contra o gigante, buscando unicamente a glória de Deus.

Davi escolheu ter a ousadia de utilizar uma situação complicada para demonstrar o poder e a glória de Deus!

REFLETIR

Davi poderia ter feito como muitos de nós, ter ignorado o problema. Quando nos vemos diante de um gigante, e temos a oportunidade de não enfrenta-lo isso se torna uma saída em nosso coração. Quando não acertamos as coisas, quando não trazemos a luz aquilo que nos aflige, o medo e a vergonha exercem influência sobre nós.

Quando escolhemos não tratar uma situação da maneira que glorifique a Deus, ou seja, quando a intenção do nosso coração está somente em nós mesmos, os gigantes parecem ser maiores do que realmente são. A única maneira de calar um gigante é dizer: “Eu vou vencer essa situação, pois com essa vitória, Deus será glorificado e Seu nome será conhecido”! Nós lutamos para a Glória de Deus!

DEUS NÃO EXISTE PARA NÓS, NÓS EXISTIMOS PARA DEUS.

Deus quer sim que a gente viva na plenitude do que Ele tem para nós, mas isso não É A NOSSO RESPEITO. Ele é o nosso criador, não o contrário. O objetivo principal da nossa vida é desfrutar deste grande Deus e glorifica-lo para sempre! O Cordeiro de Deus, JESUS, é DIGNO de receber a recompensa pelo seu sacrifício. E uma das recompensas é como eu vivo a minha vida nesta terra. O que manifesto como VIDA DE CRISTO. Uma das maneiras como glorificamos melhor a Deus é vivenciando a sua vitória contra os gigantes que vem contra nós.

Precisamos trabalhar a nossa percepção: cada gigante que nos derrota frustra a nossa capacidade de mostrar Jesus e sua importância para o mundo. Há uma motivação extra, um segredo no combate aos gigantes: Falar ao nosso gigante da honra e glória do nosso Deus. “Esse gigante deve cair, porque o Senhor é digno de glória.”

“Todos que estão aqui saberão que não é por espada ou por lança que o Senhor concede vitória; pois a batalha é do Senhor, e ele entregará todos vocês em nossas mãos”. – 1 Samuel 17:47

Perceba que Davi diz que a batalha é do Senhor. Davi aponta para o gigante e fala sobre Deus. Nós temos que fazer o mesmo, apontar para uma enfermidade, para os pensamentos de morte, para a sensação de inferioridade, para a depressão, para a ansiedade, para a condenação, e dizer: Você está desafiando o meu Deus!”.

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

Qual tem sido o seu combustível?

Os nossos gigantes estão mortos, Deus está em Seu trono. A mensagem de hoje não é tente, é confie. Jesus Cristo levou todas as nossas dores. Mas o que tem motivado você? O que tem mantido você abastecido para a batalha?

A glória de Deus precisa ser a nossa motivação.

Em Gálatas 5:1 diz: “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.”. Conseguimos viver essa liberdade quando confiamos em Jesus para derrotar nossos gigantes.

Jesus está nos convidando a colocar a nossa atenção nEle, descansando em Sua Graça.
Siga-o HOJE, antes de dar o seu próximo passo. E faça todos os dias, a cada passo.
Consagre tudo ao Senhor, todas as suas batalhas, e declare, que em Cristo somos mais do que vencedores porque Ele nos ama muito!

Líder: Encoraje sua célula a orar por isso, a sondar o próprio coração, a entrega-lo ao Senhor. Em muitos momentos damos ouvido ao que o inimigo fala sobre nós, às circunstâncias que nos rodeiam, isso nos impede de fixar os olhos em Deus Pai. Ajude-os a derrotar esse gigante.

Siga-nos: