O que é a igreja?

Em 1517, um monge alemão começou uma grande revolução quando pregou suas 95 teses na porta da igreja de Wittenberg. Martinho Lutero era apenas um dos homens que se opuseram às práticas da igreja católica nos séculos 14 e 15, e lutaram para que todos pudessem ter acesso à Palavra de Deus.

Depois da igreja primitiva, descrita no livro de Atos, muitos tentaram se tornar os “donos da igreja”. Por isso, o foco que antes estava nos relacionamentos, passou a estar na liturgia, no poder e no dinheiro. O que vivemos nos nossos dias não é nenhuma novidade, já vem acontecendo há muito tempo.

A igreja não tem a ver com o prédio ou com um conjunto de regras e liturgias, tem a ver com pessoas. Nós somos a igreja de Cristo. A igreja é formada por pessoas cheias do Espírito Santo. Essa é a igreja verdadeira, a igreja que Jesus deseja.

E para sermos essa igreja, há quatro perguntas que precisamos responder:

Qual é o PROPÓSITO da igreja?

Muitas vezes, pela experiência que temos, podemos achar que o propósito da igreja é muito abrangente, que significa muitas coisas. Mas, na verdade, ele é único. Tendemos a confundir propósito com missão.

A resposta ao propósito da igreja está em Efésios 1:4-6: “Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos, por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado.”

A igreja foi criada, em primeiro lugar, para o louvor da glória de Deus, para a ADORAÇÃO. E isso não tem a ver só com música, tem a ver com aproveitar a presença de Deus. Envolve obediência.

É através da adoração que somos cheios do Espírito Santo e que conseguimos entender a nossa missão. Quando vivemos uma vida de adoração e somos apaixonados por Jesus, fazemos o que for preciso, obedecemos por amor!

Qual é a IDENTIDADE da igreja?

Duas figuras definem a nossa identidade como igreja: Corpo de Cristo (1Co. 12:27) e a Noiva do Cordeiro (Ef. 5:25-27). A igreja faz parte de Cristo, não resiste sem Ele, porque Ele é o Cabeça, é o Noivo. Uma igreja que não tem Jesus como líder, perde o controle e morre.

Quando um homem e uma mulher decidem se casar, estão caminhando para se tornarem um. É assim que Deus vê a igreja! Somos a Noiva de Cristo porque estamos caminhando para sermos um com Ele! Por isso, se ofendemos ou destratamos os nossos irmãos, se não os amamos, estamos fazendo isso com o próprio Cristo.

Em Atos 9, na conversão de Paulo, Jesus pergunta: “Saulo, Saulo, por que você me persegue?” (v.4). Para Cristo, a igreja é uma só com Ele, não existe separação. Morremos para nós mesmos e vivemos para Cristo!

Qual é a MISSÃO da igreja?

Evangelizar e fazer discípulos, essa é a nossa missão como igreja. Foi esse mandamento que Jesus nos deixou em Mateus 28:18-20: “Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos””.

Essa não é uma missão simples, não tem como fazermos de qualquer jeito. A Palavra diz que “as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja” (Mt. 16:18), ou seja, estamos em guerra contra o inferno. Precisamos ir até as portas do inferno e resgatar os perdidos! E podemos fazer isso confiantes, porque a vitória já nos foi dada por Cristo. Mas ninguém vai para uma guerra despreparado, precisamos estar preparados com jejum, oração, santidade. Precisamos estar revestidos da armadura de Deus (Ef. 6:10-18).

Qual é o DESTINO da igreja?

“Venha, eu lhe mostrarei a noiva, a esposa do Cordeiro”. Ele me levou no Espírito a um grande e alto monte e mostrou-me a Cidade Santa, Jerusalém, que descia dos céus, da parte de Deus. Ela resplandecia com a glória de Deus, e o seu brilho era como o de uma joia muito preciosa, como jaspe, clara como cristal.” Apocalipse 21:9-11

O destino da igreja é a glória de Deus. O profeta Isaías disse que Deus não compartilha Sua glória com ninguém, mas em Apocalipse, na grande celebração, o noivo e a noiva são um só e o Senhor compartilha tudo com a Sua igreja: a glória, o poder, a autoridade.

Temos vivido como a verdadeira igreja de Cristo nesta terra?

Nós já somos essa igreja. O Senhor já nos chamou e nos confiou isso. Mas nós temos vivido como essa igreja verdadeira? Cada um desses fatores – propósito, identidade, missão e destino – começa em nós e tem a ver com a maneira como nos relacionamos com as pessoas.

Tiago disse: “A verdadeira sabedoria, que vem de Deus, começa com uma vida santa e é vista no relacionamento com o próximo. É cheia de gentileza, bom senso, misericórdia e é pra lá de abençoada. Não muda como o tempo instável e não tem duas caras. Essa sabedoria se confirma na vida comunitária. Você poderá ter uma comunidade saudável, sólida, bem-sucedida e que Deus aprova somente se trabalhar duro para fortalecer os relacionamentos, tratando todos com dignidade e honra” (v. 17-18 – MSG).

Como tem sido o nosso relacionamento com nossos irmãos do Corpo de Cristo e com os não cristãos, com aqueles que são diferentes de nós? Temos convidado os pecadores para se assentarem à nossa mesa e ouvirem as boas novas?

Você quer ser a verdadeira igreja de Cristo?

Deus já fez todo o necessário para que você seja igreja. Agora vem a sua parte. Mantenha relacionamentos intencionais com seus irmãos. Procure viver em paz com todos, ajudando as pessoas em suas necessidades e orando por elas.

Lembre-se também dos perdidos. Viva como sal e luz no meio das trevas para que cada vez mais pessoas conheçam o Evangelho e se torne discípulos de Jesus. Se você se lembra de algum familiar, amigo ou colega de trabalho que ainda não conhece a Jesus, se comprometa a orar por ele o tempo que for necessário. Gaste tempo com ele, compartilhe das suas necessidades. Vá atrás das pessoas.

É a verdadeira igreja de Cristo que vai marcar a nossa nação e transformar as pessoas.

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: