SENTIR (quebra-gelo)

Você tem alguma cicatriz? Como aconteceu? (Líder, encoraje todos a participarem compartilhando experiências pessoais)

APRENDER

Você já teve dificuldades em perdoar uma pessoa que te ofendeu?

Todos nós já passamos por essa situação. Alguma pessoa muito próxima fala ou faz alguma coisa que acaba nos ofendendo e machucando. E, como uma ferida que não cicatriza, essa situação parece continuar doendo e nos incomodando, mesmo com o passar do tempo. Nos sentimos injustiçados e não conseguimos perdoar.

Pedro, certa vez, falou sobre perdão com Jesus e perguntou quantas vezes deveríamos perdoar uma pessoa que nos fizesse mal. Jesus, respondeu com a parábola de um rei que queria acertar as contas com seus servos. Ele chamou um deles, que tinha uma dívida muito grande, 10 mil talentos. Ele suplicou ao rei que perdoasse essa quantia, porque não tinha como pagar. O rei cancelou a dívida e o deixou ir. Mas, esse mesmo servo encontrou com um conservo que lhe devia cem denários, um valor muito pequeno comparado à dívida que acabava de ter sido perdoada. O homem, da mesma forma, pediu que sua dívida fosse perdoada, mas o servo não quis e o jogou na prisão. Sabendo do que havia acontecido, o rei chamou aquele servo de volta e também o lançou na prisão, dizendo: “Servo mau, cancelei toda a sua dívida porque você me implorou. Você não devia ter tido misericórdia do seu conservo como eu tive de você?” (Mt. 18:21-35).

Jesus estava querendo dizer que fomos muito perdoados por Deus, Ele cancelou a dívida que tínhamos, e, por isso, devemos perdoar todas as pessoas que nos “devem” algo, que nos ofendem.

O que acontece quando não perdoamos alguém?

No final da parábola de Jesus, dois homens acabaram presos, quando os dois poderiam estar livres. Toda vez que não perdoamos, ficamos presos, atormentados. E isso se reflete na nossa alma, na nossa saúde, nos nossos relacionamentos, em tudo o que fazemos.

Também passamos a enxergar a pessoa que nos ofendeu de maneira diferente, o que faz com que o nosso relacionamento com ela seja muito mais difícil, muito mais desafiador.

Por que, muitas vezes, parece tão difícil perdoar?

Porque, normalmente, quem sente dificuldade em perdoar é aquele que sofreu a injustiça. O ofensor pode nem ter percebido o que aconteceu, nem se lembra. Mas o ofendido fica com o desejo de vingança, de ter restituído o que perdeu.

Fica mais difícil ainda quando uma pessoa muito próxima acaba nos ofendendo muitas vezes, tendo diversas atitudes que nos machucam em sequência. Mas enquanto não perdoarmos do íntimo, ficaremos presos.

Outra coisa que nos impede de perdoar as pessoas é não recebermos o perdão de Deus. Fica impossível liberar perdão se não cremos que também fomos perdoados, e de uma dívida muito maior.

O que significa perdoar do íntimo?

Crer que fomos muito perdoados e que, por isso, podemos escolher perdoar aqueles que nos ofendem. Não quer dizer que esquecemos o que aconteceu, mas que aquela ferida já está cicatrizada e não dói mais.

REFLETIR

Como eu posso responder ao chamado de Deus?

Como eu sei que preciso perdoar alguém?

Quando pensamos na situação que aconteceu ou na pessoa que nos ofendeu e aquilo ainda dói. Quando olhamos para aquela pessoa de uma maneira diferente, nos sentindo injustiçados. Isso tudo revela que ainda não perdoamos.

Como eu posso perdoar aqueles que me ofenderam?

Fomos muito perdoados, por isso temos o poder de perdoar! Não podemos esperar que as pessoas venham a nós e peçam perdão ou consertem o dano que causaram, precisamos decidir perdoar do íntimo do nosso coração.

Em primeiro lugar, precisamos crer que fomos completamente perdoados por causa do sacrifício de Jesus na cruz. Crer que todos os nossos pecados foram perdoados por Deus e que não há nada que nos separa do Seu amor. Depois, precisamos confessar que aquela situação ainda nos incomoda, que não perdoamos do íntimo do nosso coração. E, oramos, dizendo em alta voz que decidimos perdoar aquela pessoa pelo que ela fez ou falou. Se for mais de uma coisa, dizemos cada uma delas.

E, então, diante desse posicionamento, o Espírito Santo nos ajuda a fazer o resto. Não sentimos que devemos perdoar, decidimos e Deus opera, curando o nosso coração

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

Existe alguém que você precisa perdoar?

Você tem dificuldade em perdoar as pessoas? Precisa aprender a perdoar com mais facilidade?

Precisamos, constantemente, sondar o nosso coração e ver se precisamos perdoar alguém que nos ofendeu. Seja pelo que for. Às vezes, uma palavra pode machucar o nosso coração. Mas precisamos nos lembrar que já fomos muito perdoados, muito mais do que vamos ter que perdoar alguém um dia. E isso nos faz capazes de também perdoar as outras pessoas, não importa o que elas tenham feito.

Pense, hoje, se existe alguma coisa que tem machucado o seu coração, alguém que te ofendeu e que você tem “carregado” com você. Se existe, arrependa-se agora e tome a decisão de perdoar. Deixe que Deus cure o seu coração e seja livre!

Também precisamos aprender a não ficar guardando rancor. A dificuldade em perdoar está ligada a falta de intimidade com Jesus, que sempre nos perdoa. Vamos aprender a perdoar mais rápido e sermos felizes também mais rápido.

Incentive todos a compartilhar. Esteja atento àqueles que precisam de encorajamento e àqueles que precisam confessar para receber ajuda. Ore por todos.

 

Siga-nos: