O que você entende por “possuir” alguma coisa? O que isso quer significa?

Possuir significa ter algo como seu, ser o dono. Significa deter a posse de alguma coisa para uso próprio, ser o senhor de algo.

Nós aprendemos sobre a vida e a obra de Jesus, mas é de vital importância que entendamos como devemos nos relacionar com Ele hoje. Nós cremos em Jesus, mas será que damos a Ele o lugar que realmente deveria ocupar, ou seja, o lugar de Senhor das nossas vidas?

Algumas pessoas vêm Jesus apenas como seu Salvador, o filho de Deus que morreu para lhes salvar. Mas, tanto os evangelhos como as cartas dos apóstolos O apresentam primordialmente como Senhor. No Novo Testamento existem mais de 300 referências a Ele como Senhor. Isso não diminui o fato dEle ser o nosso Salvador, mas mostra que, acima de todas as outras coisas, Jesus deveria ser o Senhor e é esse o lugar que Ele deve ocupar em nossas vidas. Ele deveria possuir o nosso coração por inteiro.

Nosso coração pode ser fragmentado?

João 14:15-31

Nesse contexto, Jesus está falando a respeito de Sua partida. Ele estava avisando aos Seus discípulos que iria partir e isso causo certa tristeza neles. Porém, Jesus os encoraja, dizendo que, ao partir, enviaria o Espírito Santo a todos aqueles que O amassem e guardassem os Seus mandamentos, para habitar neles PARA SEMPRE. Ele é conhecido como o ESPÍRITO DA VERDADE, e não como o ESPÍRITO DA REALIDADE. A realidade pode, muitas vezes, ser difícil, mas a verdade de Deus não é.

Quando somos capazes de crer na Palavra de Deus, o impossível se torna possível.

Quando a verdade fala, a realidade muda, por isso, fé é crer na verdade. Quando cremos na verdade, a realidade, por mais impossível que possa parecer, se torna real.

O mundo não pode receber esse Espírito, pois não O vê nem O conhece. Mas nós, que cremos em Jesus, O vemos e conhecemos, pois ELE VIVE CONOSCO E ESTÁ CONOSCO. O Espírito morando em nós é igual ao próprio Jesus morar em nós. É uma experiência pessoal, que nos capacita a guardar e obedecer aos mandamentos que Ele deixou.

O Espírito de Deus nos enche, transforma a nossa vida, nossa maneira de falar, de pensar, de tratar as pessoas, de educar os nossos filhos, de trabalhar… E isso impacta as pessoas que convivem ao nosso redor. Elas vêm a diferença em nós e passam a desejar isso para si também, quando vêm que a nossa obediência tem recompensas.

Jesus demonstrou isso de forma prática: Ele passou tudo o que passou EM OBEDIÊNCIA À VONTADE DE DEUS. Não foi o inimigo que o prendeu, que o castigou, que o torturou.

Ele suportou todas as essas coisas, pois o Seu coração era completamente de Deus e estava completamente interessado em obedecer à Ele. Não havia divisões no coração de Jesus. Somente aquele que ama Jesus verdadeiramente e de todo o coração é capaz de obedecer, de dar o seu coração de maneira completamente e sem divisões à Ele.

O que pode criar espaços no nosso coração?

Jesus disse que o inimigo não tinha NADA NELE, ou seja, nenhum espaço, nenhum direito, nenhuma posse. O inimigo teria um acesso à Jesus se tivesse algum direito sobre Ele, mas não tinha.

Imagine uma propriedade muito grande, que o Senhor o planejou para nos dar e ser uma terra próspera, que dá tudo de bom. Mas, imagine que nessa propriedade, existe um pedaço que não nos pertence e, portanto, não podemos mexer. Não podemos cultivar nada, semear nada e muito menos esperar que algo de bom venha desse lugar. Imagine o trabalho que teríamos para semear toda a terra, contornando esse espaço que não pertence a nós. Seria fácil?

Muitas vezes o nosso coração está assim, como essa terra: loteado. Muitas vezes, o inimigo tem tido um pedaço do nosso coração. E é um terreno que nós o temos dado para governar. Nós temos deixado ele governar. Deus não criou o nosso coração para ser do inimigo, portanto, tudo o que ele tem, foi porque nós cedemos.

A terra é o nosso coração. Deus deu um coração a cada um de nós e nós fomos entregando partes dele ao inimigo. Nós trocamos o nosso coração por besteiras, prazeres passageiros, migalhas, alegrias falsas.

Nós vendemos o nosso coração ao inimigo por um preço muito baixo. E de pedacinho em pedacinho, nosso coração vai deixando de ser nosso. Vai se tornando um coração em pedaços, loteado e governado pelo inimigo.

Isso nos deixa com uma dívida impagável com o inimigo e com o coração em pedaços. E, muitas vezes, é esse coração que oferecemos a Jesus.

Apocalipse 5:9 / Colossenses 2:13-15

Para Deus, o nosso coração é a coisa mais importante que existe, pois, o coração é a vida. Por isso, Jesus foi para a cruz e PAGOU TODA A DÍVIDA COM O SEU SANGUE para resgatar os corações.

Ele sabia que nós havíamos vendido o nosso coração a um preço muito barato, mas ESCOLHEU pagar o preço para nos ter INTEIRAMENTE para Ele, perdoando as nossas dívidas, nos chamando de volta e nos entregando um coração novo e íntegro.

Ele fez isso porque, assim como o inimigo não tem espaço nenhum no coração dEle, Ele deseja que não haja espaço para o inimigo em nosso coração também.

Como está o seu coração? Jesus tem sido o único dono, ou existem espaços ainda sendo governados pelo inimigo?

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: