Qual a importância de um amigo em nossas vidas? Pra você, quais são as características de um verdadeiro amigo?

O que é RECONHECER a Jesus? Lucas 18:35-43 | Lucas 19:1-10

Nestes dois textos, Jesus estava ali passando pela multidão, Ele estava perto das pessoas. Muitos o viam, com certeza o cumprimentavam. Mas dois deles RECONHECERAM a Jesus. RECONHECER significa identificar, distinguir ou certificar como verdadeiro.

O cego Bartimeu estava provavelmente onde ficava todos os dias, pedindo esmolas. Mas em um dia especial, Jesus estava passando perto dele. Então ele RECONHECE Jesus, sua autoridade, o chamando de: “Filho de Davi”, em outras palavras, ele estava admitindo, certificando com suas palavras, que Jesus era o Messias. Insistentemente ele o chamou, até sua voz chegar aos ouvidos do Mestre, mesmo a multidão tendo-o repreendido tantas vezes. Pois ele sabia que o Messias poderia fazer tudo, inclusive fazê-lo voltar a enxergar.

Zaqueu RECONHECIA que ele não era ninguém para chegar perto de Jesus. Um cobrador de impostos, um corrupto. Sabia que jamais as pessoas o deixariam chegar perto de Senhor. Mas isto não o impediu de ver o Senhor de perto. Reconhecendo sua autoridade, ele se esforçou para ver Jesus, subindo em uma árvore.

E o que aconteceu com estes dois? Ambos foram RECONHECIDOS e CHAMADOS por Jesus.

Por que Jesus perguntou ao cego Bartimeu “o que queres que eu te faça” se já era tão óbvio?

Jesus quer nos ouvir, ele sempre vai querer manter conosco um relacionamento íntimo. Mesmo sabendo todas as nossas necessidades, sempre devemos levar até Ele nossos temores, nossas angústias, dúvidas…

Nós sabemos que devemos fazer isso. Mas a pergunta é: nós fazemos isso?

Muitas vezes nos perdemos dentro da rotina da nossa vida, das coisas que se repetem e não encontramos saída ou das “doenças pequenas” que somos acometidos, problemas que exigem soluções rápidas. E quantas vezes vamos reagindo no “piloto automático” e nos esquecemos de levar ao Senhor todas as coisas, todas as questões da nossa vida? Ele quer saber de nós, Ele quer saber de você. Ele não deseja apenas fazer MILAGRES, mas ter um relacionamento com você.

“O que você quer?” – Jesus perguntou ao cego. Este respondeu a Jesus e teve seu pedido atendido.

Zaqueu e o cego RECONHECERAM quem eles eram? SIM! Bartimeu sabia que tinha que gritar bem alto para chamar a Jesus. Ele não se preocupou de “passar vergonha”, de se expor. Era o único jeito de ele conseguir chamar Jesus, gritando bem alto. E reconheceu a Jesus quem ele era e sua CONDIÇÃO DE VIDA, quando o disse que gostaria de voltar a ver.

Zaqueu reconheceu, admitiu quem ele era, nunca escondeu de Jesus. Sua primeira atitude foi dizer a Jesus que daria metade dos seus bens aos pobres e que restituiria até 4 vezes mais de quem ele tinha extorquido algo.

O cego de Jericó era pobre, mendigo, alguém miserável. Zaqueu era rico, mas era corrupto. Ambos eram deixados de lado pela multidão, eram pessoas excluídas. Um porque era alguém marginalizado, pobre, devia viver sujo nas ruas. E o outro pelas suas atitudes erradas. Mas os dois reconheceram a Jesus e Jesus distinguiu os dois da multidão. A fé deles o salvou. A FÉ não em quem eles eram, mas em quem era Jesus.

Jesus não viu a classe social, as roupas, as vestes. Mas ele viu o coração daqueles dois homens. Viu que eles o valorizavam a tal ponto de se esforçar para ter um encontro com Ele. E Jesus reagiu a essa fé dando a eles o que eles pediam e muito mais, a salvação eterna. Cristo se importa, Ele para pra te ouvir, para te ouvir falar. Quer escutar seus sonhos, mas também seus medos. Quer demonstrar a compaixão dele por você.

Podemos imaginar o que nós faríamos se Jesus passasse perto de nós, como passou perto do cego Bartimeu e de Zaqueu. Mas hoje podemos viver isso diariamente, pois Ele vive EM NÓS.

Então, como RECONHECEMOS a Jesus em nossa vida diária, quem admitimos que é Jesus para nós?
Você já pensou que não é digno do amor e cuidado de Jesus? Você teria coragem de gritar bem alto, como fez o cego, “Jesus, Jesus, tem compaixão de mim?” Ou tomar uma atitude que pode ser de humilhação para alguém rico como Zaqueu, de subir em uma árvore, só para ver Jesus?

Jesus veio para o que estava perdido! Ele veio para ter relacionamento conosco. Para nos perguntar o que queremos, para sentar e comer conosco, viver a vida diária, como o melhor amigo. Você RECONHECE Jesus como seu amigo? Você tem feito dele seu amigo?

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: