SENTIR (quebra-gelo)

Para você, o que significa fazer parte de um reino?

APRENDER

Por que o Reino de Deus é diferente de qualquer outro reino?

Você já viu algum filme ou seriado que retratava o período medieval? Naquela época, as cidades costumavam ser construídas ao redor de castelos e as pessoas acabavam vivendo em função do reino do qual faziam parte. Mas, não importava quão bons ou ruins os reis fosses, suas vidas sempre chegavam ao fim, e o povo ficava sem direção, cheio de insegurança, até que um novo reinado se estabelecesse.

Essa insegurança não existe no Reino de Deus, porque o nosso Rei nunca morre, nunca é vencido. Nós podemos viver tranquilos na certeza de que o Reino em que vivemos e que vive em nós é inabalável.

Por isso, precisamos nos esforçar para conhecer mais profundamente esse Reino, esse Rei que nos ama e que quer nos usar para expandir o Seu propósito e a Sua vontade.

Como podemos viver e experimentar o Reino de Deus?

Existem três coisas que podem nos ajudar nisso:

  1. Precisamos tomar conhecimento de que o Reino de Deus é real

Em Marcos 1, Jesus anunciava na Galileia: ““Enfim chegou o tempo prometido!”, proclamava. “O reino de Deus está próximo! Arrependam-se e creiam nas boas-novas!””. O Reino de Deus não é uma figura de linguagem, não é uma simbologia, é uma realidade. E Jesus é o próprio Rei, que se manifestou em carne.

Muitas vezes, resumimos o ministério de Jesus em salvação, amor e perdão – e isso tudo é verdade, mas não é só isso. Ele é o Rei e governa sobre todas as coisas, quer expandir o Seu Reino aqui na terra.

Não podemos nos enganar, existem apenas dois reinos: o Reino de Deus, governado pelo nosso Pai, e o reino das trevas, que é governado por Satanás. Fazemos parte de um ou do outro. Não existe neutralidade e não tem como fazermos parte dos dois reinos ao mesmo tempo.

Como, então, sabemos se estamos vivendo e experimentando esse Reino? Quando Deus exerce Sua vontade e estabelece Seus propósitos, e nós obedecemos. É impossível ter parte no Reino de Deus sem ter a conexão que vem por meio da submissão ao Rei. Em João 10:9, Jesus diz: “Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo”. Portanto, para entrar nesse Reino, temos que passar por essa porta, que é Jesus. Ou seja, precisamos ter relacionamento com Ele.

  1. Precisamos estar conscientes da presença do Rei

Em Isaías 6, o profeta tem uma visão do Senhor: “No ano em que o rei Uzias morreu, eu vi o Senhor. Ele estava

sentado em um trono alto, e a borda de seu manto enchia o templo. Acima dele havia serafins, cada um com seis asas: com duas asas cobriam o rosto, com duas cobriam os pés e com duas voavam. Diziam em alta voz uns aos outros: “Santo, santo, santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia de sua glória!” Suas vozes sacudiam o templo até os alicerces, e todo o edifício estava cheio de fumaça” (v. 1-4).

Naquele momento, o povo tinha acabado de perder um rei que foi muito bom, Uzias. Ele era muito amado, governou por 52 anos e protegeu o povo, realizou grandes obras, conquistou muitas coisas. Ele investia nos levitas, no louvor e adoração ao Senhor. Mas sua vida chegou ao fim. E Isaías, diante disso, tem uma visão do Rei que nunca morre, que permanece para sempre. Ele está lembrando o povo de que não há caos para os que pertencem ao Reino de Deus, porque Ele vence todas as batalhas e compartilha todas as Suas posses com o Seu povo.

Como podemos, assim como Isaías, ter uma revelação de que Deus é o Rei? O profeta só teve essa revelação quando estava na presença de Deus. Não podemos experimentar o Reino de Deus sem viver em Sua presença, em constante relacionamento com Ele. Davi fala disso no Salmo 16: “Tu me mostrarás o caminho da vida e me darás a alegria de tua presença e o prazer de viver contigo para sempre” (v. 11).

  1. Precisamos conhecer o Rei

Nossa falta de conhecimento de Deus nos faz questionar a Sua autoridade. É como se vivêssemos nesse Reino inabalável, mas sem acreditar que ele é realmente inabalável. Deus é onisciente – tem todo o conhecimento –, onipresente – está em todo o lugar – e onipotente – tem todo o poder. Davi tinha consciência disso: “É impossível escapar do teu Espírito; não há como fugir da tua presença. Se subo aos céus, lá estás; se desço ao mundo dos mortos, lá estás também. Se eu tomar as asas do amanhecer, se habitar do outro lado do oceano, mesmo ali tua mão me guiará, e tua força me sustentará” (Sl. 139:7-10).

Se duvidamos destes e de todos os outros atributos de Deus não experimentamos a totalidade do Seu Reino.

Como podemos ter conhecimento desses atributos? Isso só pode vir através de um coração que foi totalmente entregue a Jesus. Quando temos a certeza do novo nascimento, não temos apenas a consciência da onipresença de Deus, mas também experimentamos a presença do Seu Espírito em nós. O Reino começa dentro de nós.

REFLETIR

Como podemos expandir o Reino de Deus na Terra?

Nosso coração é um território que Deus deseja conquistar para expandir o Seu Reino na Terra. Ele quer fazer do nosso coração o Seu trono, quer manifestar o Seu Reino através da nossa vida, dos nossos relacionamentos, das nossas palavras, das nossas orações.

Para pedir que a vontade de Deus se cumpra aqui, para que possamos expandir o Seu Reino, precisamos conhecer a realidade que já existe no céu. Temos que conhecer o Rei, reconhecer o Reino de Deus é essencial para nós, como cristãos.

A vida cristã se resume em estar na presença do Rei, em conhece-lo e em falar do Seu amor para as outras pessoas. Só há um caminho: Jesus. Só há uma instrução: a Bíblia. Só há uma maneira de viver o Reino de Deus: através dos relacionamentos.

Quando o Reino de Deus chega, há vida, paz e alegria. Como aconteceu com a viúva de Naim (Lc. 7:11-17). Aquela mulher havia perdido seu único filho, e com ele toda a sua esperança. Mas em um encontro com Jesus, seu filho volta à vida e ela entende que a sua esperança está em Deus.

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

Seu coração já pertence ao Rei?

Somos convidados a fazer parte de um Reino que jamais terá fim. Um Reino de vida, de justiça, de paz e de alegria. Um Reino inabalável. Precisamos apenas dizer sim a Ele, entregar o trono do nosso coração para que o Rei dos reis tome conta da nossa vida.

Precisamos crer que esse Reino é real, precisamos estar conscientes e viver na presença do Rei e precisamos conhecê-lo profundamente, ter intimidade com Ele. Isso nos leva a experimentar e viver o Reino de Deus, a expressá-lo e expandi-lo na Terra.

Você conhece alguém que precisa experimentar esse Reino de vida, paz e alegria?

Muitas pessoas ainda não tiveram uma experiência com o nosso Rei de amor. Comprometa-se a viver espalhando este amor pelo qual você foi alcançado. Se se lembra de alguém específico, comece a orar por essa pessoa, fale sobre Jesus e Seu sacrifício, sobre a nova vida que ela pode experimentar.

Deus quer nos usar para expandir o Seu Reino. Vamos começar orando juntos pelas pessoas de quem nos lembramos?

Incentive todos a compartilhar. Esteja atento àqueles que precisam de encorajamento e àqueles que precisam confessar para receber ajuda. Ore por todos.

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: