SENTIR (quebra-gelo)

Durante as últimas seis semanas, falamos sobre o Reino de Deus. O que mais te impactou sobre este assunto? O que mudou na sua vida e na sua maneira de pensar com o que você aprendeu?

APRENDER

O Reino de Deus é um Reino sobrenatural. Mas o que isso quer dizer?

Certa vez, Jesus foi ao encontro de Seus discípulos andando por sobre as águas de madrugada (Mt. 14:22-29). Eles se assustaram quando O viram, pensando até mesmo que era um fantasma. Mas quando Ele se revelou, Pedro pediu: “Se é realmente o Senhor, ordene que eu vá caminhando sobre as águas até onde está” (Mt. 14:28). Jesus o chamou e ele andou ao Seu lado, por sobre as águas.

O Reino de Deus é como andar sobre as águas, é um Reino de coisas extraordinárias que nunca experimentamos. Não tem a ver com o que é natural, é sobrenatural. E para que possamos ter esse estilo de vida sobrenatural, precisamos deixar de lado aquilo que é comum, precisamos sair do barco!

Muitas coisas nos impedem de experimentar esse estilo de vida sobrenatural. Você consegue pensar em algumas delas?

MEDO – O medo é como uma prisão, ele nos acorrenta ao que é natural, àquilo com que já estamos acostumados. Pode ser que estejamos vivendo uma vida com Cristo, mas cheia de medo. O medo nos enche de inseguranças e nos torna covardes, ele é o pior conselheiro e, geralmente, vem em situações que não podemos controlar.

Deus não nos criou para vivermos com medo. E Ele não tira esse sentimento de nós, mas nos ensina a enfrentá-lo. Em Lamentações 3:57, o profeta Jeremias escreve: “Sim, tu vieste quando clamei e disseste: “Não tenha medo””.

INCREDULIDADE – Se o medo é como uma prisão, a incredulidade é a chave que nos tranca lá dentro. Para pisar fora do barco, Pedro precisou crer nas palavras Daquele que o chamou. Aquele que disse que vai fazer algo em nossa vida, já conhece o final da história, Ele vai cumprir tudo aquilo que prometeu. Podemos confiar. Deus vai trazer a realidade do céu para tocar a terra, mas se não crermos não vamos experimentar dessa realidade.

COMODISMO – Essa é a famosa “zona de conforto”. E ela existe até mesmo na vida cristã. Muitas vezes, estamos numa posição segura, num lugar onde já estamos acostumados, onde já conhecemos tudo, e não queremos sair dali. Parece tudo tão bom. Mas Deus não nos chamou para viver coisas boas, Ele nos chamou para viver o melhor, o extraordinário.

Assim como há coisas que nos impedem de viver o sobrenatural, há chaves que nos liberam:

  1. Escolher bem

O Espírito Santo de Deus habita em nós e nos ensina a fazer boas escolhas. Assim como Pedro escolheu sair do barco e andar sobre as águas com Jesus, nós é que escolhemos viver as coisas para as quais Deus nos chamou.

O Senhor tem algo especial e único para cada um de nós. Quando escolhemos bem, não temos o desejo de ser iguais a ninguém, queremos viver o que Ele tem para nós individualmente. Deus está levantando pessoas comuns para viver coisas extraordinárias.

  1. Ser ousado

Todas as pessoas que vivem de maneira sobrenatural têm uma mesma característica: elas são ousadas e corajosas. A ousadia é uma marca do sobrenatural.

A decisão de Pedro foi ousada, e se queremos viver as coisas extraordinárias que Deus tem para nós, precisamos ser ousados também. Precisamos mudar as nossas atitudes e ter a coragem de viver de maneira diferente. É o Espírito Santo que nos ensina todas as coisas. E Ele está nos chamando para viver com ousadia e cumprir aquilo que fomos chamados para fazer.

  1. Ter fé

A impossibilidade é o campo mais fértil para os milagres acontecerem. A fé nos faz olhar para Jesus e para aquilo que Ele pode fazer, nos faz enxergar as coisas por um ângulo diferente. Nada é por nossa causa, tudo é por Ele e para Ele. E quando Ele nos chama, Ele mesmo se responsabiliza para que tudo aconteça como planejado. A fé chama à existência coisas que ainda não existem.

REFLETIR

Temos vivido um estilo de vida sobrenatural?

Essa é uma pergunta importante. Todos temos campos onde Deus quer nos usar poderosamente, todos somos ministros e missionários. Mas podemos escolher viver presos ao nosso barco, ao que é natural, vivendo cheios de medo, incredulidade e comodismo. Ou podemos ser como Pedro e fazer boas escolhas, viver com ousadia e cheios de fé. Isso vai definir se vamos cumprir o chamado de Deus para nós ou não, se vamos experimentar e expressar o Seu Reino aqui na terra ou não.

O Reino de Deus tem a ver com as verdades do céu vindo e vencendo as mentiras desta terra. E Ele quer que façamos parte disso. Quer vencer as mentiras que estão em nós com as verdades do céu, quer nos usar para vencer as mentiras que estão nas outras pessoas com as verdades do céu.

O Reino está em nós e, por isso, onde quer que pisemos, ele será estabelecido. Assim como Jesus prometeu, os sinais sobrenaturais acompanharão aqueles que crerem (Mc. 16:17-18). Só precisamos sair do barco.

APLICAR E ORAR (separe entre homens e mulheres)

O que tem mantido você preso no barco e te impedido de viver o sobrenatural?

É o medo? O comodismo? A incredulidade? Pense um pouco sobre isso.

Líder, neste momento, é importante dar um tempo para que as pessoas pensem sobre suas vidas, sobre como tem sido a sua maneira de agir e quais têm sido as suas escolhas.

O Senhor já nos deu, através de Seu Filho e do Espírito Santo que habita em nós, as chaves para vencer cada uma dessas coisas. Vamos orar uns pelos agora (esse momento pode ser em duplas ou grupos de três, para que cada um possa compartilhar). Compartilhe o que tem te impedido de viver o sobrenatural, arrependa-se e abandone isso hoje mesmo. Deus tem coisas novas e extraordinárias para você. Coisas que Ele preparou só para você! Creia!

Você tem permitido que o Reino de Deus seja estabelecido por onde você vai?

Deus nos chamou para uma grande colheita, para fazer discípulos que O sigam de todo o coração. Uma vida sobrenatural não influencia só a nós, mas a todos que têm contato conosco.

Ele quer usar você para falar desse Reino de amor a outros e para cuidar dessas pessoas. Você consegue pensar em alguém que gostaria que conhecesse ao Senhor e o Seu Reino? Vamos orar por essas pessoas.

Incentive todos a compartilhar. Esteja atento àqueles que precisam de encorajamento e àqueles que precisam confessar para receber ajuda. Ore por todos.

Escreva um comentário

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga-nos: